Cuiabá (MT), 11 de maio de 2021 - 03:16

? ºC Cuiabá - MT

CIDADES MT

26/04/2021 06:32 Só Notícias/Herbert de Souza

Justiça manda soltar acusado de dar “cavalo de pau” e matar mulher em avenida de Sinop

A justiça da comarca concedeu a liberdade provisória ao principal suspeito de causar o acidente registrado na última quinta-feira (22), que resultou na morte de Rosiane Vargas, 45 anos. A mulher estava em uma motocicleta Honda CG Fan, que foi atingida pelo GM Opala conduzido pelo acusado. A vítima chegou a ser socorrida, porém, faleceu no hospital regional.

O motorista foi preso pela Polícia Militar ainda no local do acidente. Ele afirmou aos policiais que tentou entrar em um posto de combustíveis, localizado na avenida André Maggi, no bairro Vitória Régia, mas foi orientado por um frentista a retornar por outra entrada para acessar o pátio do estabelecimento. O homem confessou que, para fazer a manobra, decidiu ir pela contra-mão da avenida, mas acabou atingindo frontalmente a motocicleta.

Testemunhas, no entanto, relataram aos policiais que viram o suspeito em alta velocidade na contra-mão e que o motorista havia realizado uma manobra popularmente conhecida como “cavalo de pau”, no momento em que acabou atingindo a moto. O homem ainda confessou aos militares que havia consumido três latas de cerveja, mas não quis fazer o teste do bafômetro. Também confirmou que não era habilitado.

Ao analisar o caso, o magistrado entendeu que não há requisitos autorizadores para manter o suspeito na cadeia. O magistrado citou que mesmo que o motorista tenha “histórico de envolvimento com delitos de trânsito, por conduzir veículo em estado de embriaguez e sem estar habilitado”, duas ações contra ele prescreveram e foram extintas em Juara e Porto dos Gaúchos. O homem também é acusado de furto em Alta Floresta e tem um pedido de prisão preventiva da comarca de Paranaíta, que ainda não foi acolhido pela Justiça.

“Nesse contexto, a segregação cautelar não se mostra a medida mais recomendada ao caso, sendo suficientes, por ora, algumas das medidas cautelares diversas da prisão, bem como, diante das circunstâncias da causa em que o condutor do veículo, além de estar sob efeito de álcool, teria causado acidente de trânsito com vítima fatal, embora tenha declarado não possuir CNH, mostra-se pertinente, também, a fixação da medida cautelar de proibição de se obter a permissão para dirigir”, decidiu.

O juiz determinou que o suspeito terá que comparecer mensalmente ao fórum para informar suas atividades e não poderá frequentar lugares com aglomerações de pessoas, bares, casas de jogos, botequins, prostíbulos e “outros lugares onde haja ampla difusão e consumo de bebidas alcoólicas ou outras drogas lícitas ou ilícitas”. O homem também está proibido de sair da comarca de Sinop sem autorização da Justiça e não poderá tirar habilitação pelo prazo de um ano.

Rosiane era moradora do bairro Boa Esperança e foi sepultada em Rosário Oeste. O condutor da motocicleta em que ela estava também ficou ferido, porém, não corre risco de morte.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
[email protected]

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo