Cuiabá (MT), 17 de janeiro de 2022 - 11:34

? ºC Cuiabá - MT

Agronegócios

22/03/2017 08:06 Só Notícias

Blairo diz em Lucas do Rio Verde que MT pode sentir efeitos da operação mas vê saída em 15 dias

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse, ontem, na abertura do Show Safra, da Fundação Rio Verde, em Lucas do Rio Verde, que Mato Grosso também poderá sentir as consequências da suspensão, por parte de alguns países, da importação de carne das indústrias investigadas na operação Carne Fraca, embora nenhuma empresa mato-grossense tenha sido alvo da operação.

"A comunidade Européia, neste momento, está restrita suspender a compra das 21 empresas (de diversos Estados) que nós mesmos embargamos, que não podem embarcar para lugar nenhum e que estamos fazendo nova vistoria nos processos deles. Por enquanto, está restrito a isso. O governo trabalha para a restrição ficar nestas 21 tanto por parte da comunidade Européia quanto da China. É o que desejamos. Hoje consegui acertar isso com Argentina, Uruguai e Chile todos restritos nos 21 Sifs (sistema de inspeção federal). Foram mais de 30 países que foram mandados produtos para lá. Fizemos comunicado geral e agora estamos respondendo questionamentos (individuais)", afirmou.

Blairo afirmou que existe a apreensão das empresas de saber a extensão do problema e das restrições. "Se a Comunidade Européia, a China manterem essa posição, creio que em 10, 15 dias começamos a voltar a normalidade. Mas se não acontecer aí as consequências serão ainda mais graves", analisou. Hong Kong, um dos principais importadores, também fez embargos para as empresas investigadas pela Polícia Federal com mandados judiciais cumpridos em São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás. 33 pessoas, a maioria servidores do ministério da Agricutlrua, envolvidos em esquemas de fraudes em fiscalização de alimentos, foram afastados.

Hoje, a direção da Polícia Federal divulgou nota informando que "embora as investigações da Polícia Federal visem apurar irregularidades pontuais identificadas no Sistema de Inspeção Federal (SIF), tais fatos se relacionam diretamente a desvios de conduta profissional praticados por alguns servidores e não representam um mal funcionamento generalizado do sistema de integridade sanitária brasileiro. O Sistema De Inspeção Federal brasileiro já foi auditado por vários países que atestaram sua qualidade. O SIF garante produtos de qualidade ao consumidor brasileiro".

Blairo chegou a Lucas do Rio Verde no final da tarde, juntamente com o governador Pedro Taques, senadores, deputados federais. Eles fizeram a abertura do Show Safra 2017 com diretores da fundação, lideranças do agronegócio, produtores rurais, empresários.

Nesta quarta-feira, segundo dia do evento, a programação é a seguinte:
8h – Caravana FCO
13h - Auditório: Mesa Redonda - Plantas daninhas no cenário de resistência com Fernando Adegas - Embrapa-Londrina (PR), Edson Andrade Junior - IMA/MT, Mauro Rizzardi - UPF

17h30 – 4ª Revolução Industrial “Conectividade” - Rois Nogueira -
19h - Agroeconomia, cenários e oportunidade - Ricardo Amorim -

O ciclo de palestras prossegue até sexta-feira.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
[email protected]

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo