Cuiabá (MT), 06 de dezembro de 2019 - 04:23

? ºC Cuiabá - MT

Saúde

24/10/2019 15:52

Site The Intercept fala em risco de pandemia de hanseníase em Mato Grosso

O aumento nos casos de hanseníase em Mato Grosso ganhou novamente destaque nacional com o site The Intercept Brasil, em reportagem divulgada na noite deste terça-feira (22). De acordo com a publicação, além da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, 21 unidades prisionais de Mato Grosso – 39% do total –, a infecção está se alastrando em níveis alarmantes. Veja AQUI a reportagem completa.

“Na Penitenciária Central do Estado, 12 presos já foram diagnosticados. Já no Centro de Detenção Provisória de Juína, sem médicos desde março do ano passado, a situação é mais dramática: foram 70 casos da doença registrados em junho – um a cada três presos tem a doença”, diz trecho da reportagem.

De acordo com levantamento feito pelo HNT/HiperNotícias em setembro, o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Juína (730 km de Cuiabá) registrou, em abril deste ano, 66 casos de detentos contaminados por hanseníase.

Os dados são do Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindspen), que aponta que o número de contágio pode ser ainda maior.

Risco de pandemia

No dia 29 de agosto, foi publicado no Diário Oficial um pedido do Tribunal de Contas de Mato Grosso solicitando ao Estado que se pronunciasse sobre os casos de infecção nos presídios. 

No documento, assinado pelo conselheiro titular Luiz Carlos Pereira, é apontado que: “As   Equipes Técnicas,  após levantamento, verificaram que a não disponibilização de  médicos, enfermeiros  e agentes penitenciários,  bem como a não adoção de medidas pelos gestores, tem contribuído para o agravamento da doença hanseníase, com possível risco de pandemia nas unidades penais do Estado, em especial do Município de Cuiabá, Sinop e Juína”.

O outro lado

O Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza o tratamento e acompanhamento da doença em unidades básicas de saúde e em referências. O tratamento da doença é realizado com a Poliquimioterapia (PQT), uma associação de antibimicrobianos, recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A Secretaria de Saúde afirmou nesta quinta-feira (24) que irá enviar um posicionado ao HNT/HiperNotícias.

Em setembro, as práticas ao combate à Hanseníase em Cuiabá chamaram a atenção do médico Dráuzio Varella, que apresenta um quadro sobre saúde no programa Fantástico, da Rede Globo. Ele esteve em Cuiabá no mês de julho deste ano para gravar uma matéria sobre o assunto, que foi exibido no último domingo (08).

 

Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
redacao@maxnoticias.com.br

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo