Cuiabá (MT), 06 de dezembro de 2019 - 03:51

? ºC Cuiabá - MT

Saúde

23/09/2019 12:37

Ações de prevenção a doenças cardiovasculares marcam a Semana do Coração

A secretaria de Saúde de Várzea Grande está reforçando os alertas para as doenças cardiovasculares, especialmente para a população que contempla a chamada ‘terceira idade’. Nessa semana, várias ações estarão sendo realizadas nas unidades de saúde da cidade como forma de celebrar o ‘Dia Mundial do Coração’, comemorado em 29 de setembro, mas no Brasil é celebrado no dia 24 de setembro. As atividades que vão marcar a semana têm objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce, bem como da adoção de hábitos saudáveis para manter a saúde do coração em dia. Palestras, ginástica laboral, medições de pressão arterial, exames, dinâmicas e orientações dirigidas vão marcar parte dos trabalhos nas Unidades Básicas de Saúde de Várzea Grande de 23 a 27 desse mês.

Conforme o Ministério da Saúde, no Brasil, em média, 300 mil pessoas sofrem infarto agudo no miocárdio por ano e 30% desses casos são fatais. Falta de ar, dores como aperto, queimação ou pontadas no tórax e formigamento, são alertas para procurar imediatamente um cardiologista. Hipertensão, diabetes, obesidade, tabagismo, histórico familiar e problemas na tireóide também estão ligados a problemas cardiovasculares. Nas palestras, médicos e enfermeiros chamam à atenção para os sintomas mais comuns e para as medidas que devem ser adotadas pelo pacientes e por acompanhantes.

Segundo o médico Winston Carlos, da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Flor do Ipê – onde a Semana do Coração foi aberta em Várzea Grande sob o tema ‘Cuidando do seu Coração’ - o diagnóstico precoce de problemas cardiovasculares, ainda nos mais jovens possibilita melhores tratamentos e controle mais rígido das doenças do coração, que podem se agravar ao longo dos anos. “Os principais fatores de risco para os problemas cardiovasculares são: hipertensão, diabetes, dislipidemia (níveis elevados de gordura no sangue), histórico familiar, estresse, tabagismo, obesidade, sedentarismo e doença da tireoide. O uso de drogas ilícitas, como exemplo a  cocaína também pode levar ao infarto agudo do miocárdio”,explicou o médico.

O secretário de Saúde, Diógenes Marcondes, destaca que as atividades de conscientização e reforço sobre os cuidados com o coração serão realizadas em todas as UBS’s nessa semana. “A secretaria municipal de Saúde promove esse evento para alertar todos sobre os cuidados com o coração, em cuidar da saúde, do bem estar e evitar os riscos de uma hipertensão, diabetes e outros riscos eventuais decorrentes ao coração. Serão orientações, atividades, testes e muito foco em prevenção, pois o objetivo maior é alertar a população sobre a importância e a gravidade das doenças cardiovasculares”, enfatizou ele.

O doutor Winston destaca que o sedentarismo é um dos fatores de risco de doenças cardiovasculares. “É preciso combatê-lo com o incentivo à prática de exercícios, o que promove uma melhora das condições cardiovasculares e da parte psicológica também. Muitas das vidas poderiam ser salvas como uma solução simples e muito barata: mudanças no estilo de vida. Estas mudanças incluem o controle do peso, a redução da ingestão de bebidas alcoólicas e do consumo de sal, parar de fumar e a prática de atividades físicas”.

SINTOMAS - Falta de ar, cansaço que antes não eram percebidos, principalmente após a realização de algum esforço físico, dor como um aperto, queimação ou pontadas na região do tórax associada a formigamento ou dor no braço esquerdo, dor na região da mandíbula ou nas costas, devem alertar o indivíduo a procurar um cardiologista para uma avaliação mais detalhada.

Por: Marianna Peres - Secom/VG


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
redacao@maxnoticias.com.br

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo