Cuiabá (MT), 21 de novembro de 2018 - 01:01

? ºC Cuiabá - MT

Noticias

07/11/2018 08:34

Cabo Gerson tem prisão revogada, mas terá que passar as noites em quartel

O Conselho Especial de Justiça Militar decidiu em julgamento realizado nesta terça-feira (6) revogar a prisão do cabo PM Gerson Corrêa Junior, réu no processo do caso dos grampos telefônicos. Com a decisão, o militar terá apenas que dormir no Batalhão da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), onde já se encontra detido desde o dia 19 de outubro. Aos fins de semana e feriados, o militar também deve permanecer no quartel.

A decisão é do juiz da 11ª Vara Militar do Fórum de Cuiabá, Marcos Faleiros e do Conselho de Sentença, formado pelos

coronéis Elierson Metello de Siqueira, Luiz Claudio Monteiro da Silva, Renato Júnior e Valdemir Benedito Barbosa.

Gerson é acusado de ser um dos operadores do esquema que ficou conhecido como “Grampolândia Pantaneira” e está preso desde o dia 19 de outubro, acusado de descumprir liminares impostas pela Justiça, após ir a uma casa noturna em Cuiabá na madrugada do dia 30 de agosto.

De acordo com Marcos Faleiros, Gerson deve sair para realizar os trabalhos durante o dia e voltar à unidade militar durante a noite. “A prisão preventiva do cabo Gerson foi substituída pelo ‘Instituto da Menagem', sob as seguintes condições: que o acusado fica com sua liberdade cerceada intra-muros no quartel, fora do xadrez, mas no interior do quartel. Dele podendo sair para trabalhar a critério do comandante em função administrativa, que não necessite de arma de fogo, podendo receber visitas de familiares em períodos avaliados pelo comandante".

Fonte:http://odocumento.com.br


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
redacao@maxnoticias.com.br

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo