Cuiabá (MT), 08 de abril de 2020 - 14:01

? ºC Cuiabá - MT

Mundo

Justiça da Suíça 05/02/2020 14:43

Suíça julgará suspeitos da Lava Jato pela primeira vez

MP da Suíça acusou um indivíduo de “cumplicidade” no pagamento de propinas a funcionários públicos estrangeiros

  A Justiça da Suíça levará ao banco dos réus suspeitos de terem participado do mega-esquema de corrupção envolvendo mais de mil contas secretas no país da Europa.

A decisão acontece após cinco anos cooperando com o Brasil nas investigações da operação Lava Jato, que assolaram o sistema político nacional. 

No final deste mês de janeiro, os tribunais suíços começarão a julgar o primeiro caso, algo inédito desde o início do processo entre 2014 e 2015 no Brasil. 

O Ministério Público, em Berna, acusa um indivíduo de “cumplicidade” no pagamento de propinas a funcionários públicos estrangeiros, lavagem de dinheiro agravada e outros crimes. 

O nome do primeiro suspeito, no entanto, não foi revelado pelas autoridades, informa o site UOL.

O acusado é suspeito de ter atuado como intermediário para o pagamento de propinas de mais de US$ 35 milhões a ex-diretores da Petrobras, entre 2007 e 2014. 

Ele também é acusado de ter praticado o crime de lavagem de dinheiro de mais de 1 milhão de euros e 500 mil dólares.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
redacao@maxnoticias.com.br

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo