Cuiabá (MT), 25 de maio de 2020 - 13:05

? ºC Cuiabá - MT

JUDICIARIO

08/05/2020 17:15 Estadão Conteúdo

Bolsonaro cogita dividir Ministério da Justiça e Segurança Pública

Fundidos em uma mesma pasta no início do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), os ministérios da Justiça e da Segurança Pública podem voltar a funcionar separadamente. O presidente diz que o tema não está em sua pauta no momento, mas cogita separar os órgãos e afirma já ter obtido a aprovação de André Mendonça, recém-empossado ministro no lugar de Sergio Moro.

Em conversa com jornalistas na frente do Palácio do Alvorada nesta quinta-feira, Bolsonaro admitiu a possibilidade de nomear um amigo, o ex-deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF), para o Ministério da Segurança Pública, caso recrie a pasta.

"Isso está na pauta desde a transição, quando resolvi fundir (a pasta da Segurança Pública com o Ministério da Justiça). A bancada de segurança não aceitou isso aí", disse o presidente em frente ao Palácio da Alvorada.

O presidente ressaltou que o assunto não está em pauta no momento, mas admitiu que Fraga teria chance de ser nomeado. "Ele é meu amigo desde 1982."

Bolsonaro afirmou que já tratou com André Mendonça, atual ministro da Justiça e Segurança Pública, sobre a recriação do órgão. "Sem problema", teria respondido Mendonça.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
redacao@maxnoticias.com.br

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo