Cuiabá (MT), 21 de setembro de 2019 - 19:29

? ºC Cuiabá - MT

GOVERNO MT

08/03/2019 17:07

Visita técnica mostra resultados de pesquisa sobre flores tropicais

Foi realizada nesta sexta-feira (08.03), uma visita técnica no Campo Experimental da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), no município de Acorizal (62 km ao Norte de Cuiabá), para apresentar o projeto de pesquisa com flores tropicais. Considerado pioneiro no Estado, o projeto estuda a viabilidade produtiva das espécies estrelícia, helicônia, bastão do imperador, alpínia e antúrio, plantas destinadas principalmente para arranjos florais e paisagismo. O evento contou com a participação de 180 pessoas, entre mulheres rurais, produtores, técnicos agropecuários, estudantes e outros.

A visita técnica foi dividida em grupos e apresentou o trabalho de pesquisa que é executado desde 2009 com as flores tropicais.  Os visitantes recebem orientações sobre cultivo e plantio com as pesquisadoras da Empaer, Eliane Forte Daltro e Lozenil Carvalho Frutuoso, e com o técnico agropecuário, Guilherme Araújo Neves. Eliane destacou que o Estado de Mato Grosso possui condições climáticas ideais para o cultivo de flores tropicais e folhagens. “O cultivo de flores pode ser uma alternativa de renda para as mulheres rurais”, enfatiza.

Durante a visita técnica o presidente da Empaer, Renaldo Loffi, parabenizou as participantes pelo Dia Internacional da Mulher e destacou, em especial, as mulheres do campo, que garantem às suas famílias a geração de renda e contribuem para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar. “Hoje estou aqui para prestar a minha homenagem a você, mulher, que com força, trabalho, sabedoria e delicadeza deixa o nosso dia-a-dia mais suave e leve”, declarou Loffi.

Renaldo lembrou que no ano de 2018, os técnicos e extensionistas da Empaer atenderam mais de 15 mil mulheres em 135 municípios do Estado, divulgando as políticas públicas para a agricultura familiar. O secretário adjunto da agricultura familiar (Seaf), Carlos Alberto Simões de Arruda, falou que o governo do Estado trabalha para o fortalecimento da agricultura familiar e no alinhamento das cadeias produtivas com a finalidade de promover a geração de emprego e renda para as famílias no campo.

A produtora rural Ademira Maria Oliveira Souza, do município de Rosário Oeste (128 km ao Norte de Cuiabá), da Comunidade Ressaca, ficou empolgada com o cultivo das flores tropicais e enxerga uma nova fonte de renda. Ela pretende implantar um hectare de flores tropicais. A produtora possui uma área de 46 hectares e produz hortaliças e legumes que são comercializados em Nobres e Cuiabá.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Acorizal, Elzita Maria da Silva, participou da visita e esclareceu que a Empaer vai implantar um projeto piloto com flores tropicais em sua propriedade numa área de um hectare. Segundo ela, esse projeto vai atender 12 mulheres rurais que desejam aprender sobre o cultivo. A presidente possui uma propriedade de 50 hectares, na Comunidade Córrego Fundo, e cultiva mandioca numa área de seis hectares. “Acostumada a fabricar farinha de mandioca, com o projeto piloto vamos diversificar a nossa produção”, enfatiza.

Participaram do evento mulheres rurais de Cuiabá, Jangada, Rosário Oeste, Poconé e Acorizal, funcionários da Empaer, autoridades e outros.

 

 

Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
redacao@maxnoticias.com.br

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo