Cuiabá (MT), 14 de novembro de 2019 - 04:13

? ºC Cuiabá - MT

Esporte

08/08/2019 10:35

Cruzeiro inicia busca por novo treinador, e ideia inicial é trazer nome experiente; veja opções

Por Gabriel Duarte — de Belo Horizonte

A diretoria do Cruzeiro inicia, a partir desta quinta-feira, os trabalhos para trazer um novo treinador para o clube, após a saída de Mano Menezes. O consenso inicial é de não realizar apostas neste momento, trazer um nome que esteja livre no mercado e que tenha rodagem no futebol brasileiro. A busca intensiva começará nas próximas horas, com a consolidação do perfil que pretendem buscar.

Dos livres no mercado, há dois que aparecem como opções e que tiveram passagem pelo Cruzeiro. Dorival Júnior, que treinou o time em 2007 e o levou à classificação para a Libertadores, está livre no mercado, após ter deixado o Flamengo, ano passado. Há também Abel Braga, demitido do Flamengo nesta temporada, também passou pelo Cruzeiro, mas como zagueiro na década de 1980.

Bicampeão brasileiro com o Cruzeiro em 2013 e 2014, Marcelo Oliveira também está sem clube no momento, mas não se deu bem nos últimos trabalhos, assim como Levir Culpi, campeão da Copa do Brasil com o Cruzeiro em 1996, que deixou o rival Atlético-MG nesta temporada.

O mercado ainda traz outros nomes com experiência, como Celso Roth e Oswaldo de Oliveira, mas que não vem tendo bons trabalhos. Nomes mais novos também estão disponíveis, como Zé Ricardo, Jair Ventura, Dunga, entre outros.

Na coletiva de despedida, Mano Menezes disse que o clube vai encontrar um profissional capacitado e que sairá da situação complicada que vive na temporada.

Não cabe a mim fazer análise de profissionais do mercado. Seria antiético fazer isso. Claro que existem profissionais capacitados para que o Cruzeiro saia dessa. Da mesma maneira que eu vim aqui e a gente saiu. Não se trata de competência ou incompetência. A situação está em uma ideia nova, alguém chegar com cabeça arejada, que não vivenciou os problemas que eu vivenciei. O técnico escolhe caminhos, e quando você escolhe caminhos, tem filosofia e ideias claras, para você voltar é mais difícil. Para outro treinador, que chega no seu lugar, com novas ideias, ele não precisa voltar a lugar nenhum. Ele vai implantar a sua maneira de ver, a sua maneira de dirigir esse grupo. É isso que vai acontecer e o Cruzeiro vai sair dessa.

 

“Queridinho” da torcida

 

Quem sempre tem o nome falado pelos cruzeirenses é Adilson Batista, responsável por levar o Cruzeiro na última vez que esteve em uma final de Libertadores, em 2009. Adilson foi campeão estadual com a Raposa em 2008 e 2009.

Entretanto, no perfil inicial traçado, não se encaixa, já que o último trabalho do treinador foi no América-MG na Série A do ano passado e também sem muito sucesso.

Momento

Quem vier ainda deverá se adequar ao momento financeiro e político do Cruzeiro. Mano Menezes, pela valorização que teve no clube, recebia alto salário. O clube, neste momento, não passa por um bom financeiro e isso será tido em conta, logicamente. Além disso, a crise política e administrativa é um fator a ser levado em conta.

O contratado terá de tirar o Cruzeiro da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, encerrar o jejum de vitórias e gols e tentar uma reviravolta nas semifinais da Copa do Brasil, após a vitória do Internacional por 1 a 0, no Mineirão. Contra o Avaí, domingo, na Ressacada, o time será treinado interinamente. Ainda não se sabe se com Sidnei Lobo ou pelo técnico Ricardo Rezende, do Sub-20.

 
 

Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
redacao@maxnoticias.com.br

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo