Cuiabá (MT), 14 de dezembro de 2017 - 04:07

? ºC Cuiabá - MT

Esporte

04/12/2017 08:44

Atlético vence Palmeiras e termina Brasileirão com vaga na Sul-Americana

Éderson comemora o segundo gol do Atlético: vitória por 3 a 0 (foto: Geraldo Bubniak / AGb)

O Atlético se despediu do Campeonato Brasileiro em grande estilo. Derrotou o Palmeiras, campeão nacional de 2016, por 3 a 0, na Arena da Baixada. A partida, na tarde deste domingo (3), valia pela 38ª e última rodada do Brasileirão.

Com o resultado, o Atlético terminou o Brasileirão em 11º lugar, com 51 pontos. Não conseguiu a vaga na Copa Libertadores, que era o objetivo do clube, mas uma missão quase impossível de ser alcançada na última rodada – estatisticamente, a chance era de 0,3%. De consolo, o time paranaense ganhou uma vaga na Copa Sul-Americana de 2018 – os seis times que estiverem abaixo da zona de classificação à Libertadores avançam ao segundo torneio continental.

LIBERTADORES

Por alguns instantes, o Atlético chegou a figurar no G9 – o 9º colocado vai à Libertadores, caso o Flamengo vença a Copa Sul-Americana. Aos 33 minutos, o time paranaense vencia e contava com as derrotas de Chapecoense (para o Coritiba em Chapecó) e Atlético-MG (contra os reservas do Grêmio em Belo Horizonte), além do empate do São Paulo com o Bahia. Mas, três minutos depois, Chapecoense e Atlético-MG marcaram seus gols de empate.

No fim das contas, a zona de classificação para a Libertadores ficou com Corinthians (1º), Palmeiras (2º), Grêmio (3º e campeão da Libertadores), Santos (4º), Cruzeiro (5º e campeão da Copa do Brasil) e Vasco (6º) na fase de grupos. Flamengo (7º) e Botafogo (8º) estão na fase preliminar. Se o Flamengo conquistar a Sul-Americana, abre espaço para o 9º colocado – no caso, o Atlético-MG.

WEVERTON

Antes do jogo, o goleiro Weverton foi cortado da delegação. Segundo a imprensa paulista, ele será anunciado como reforço do Palmeiras na próxima semana. O goleiro tem contrato com o Furacão até maio de 2018. O clube quer receber um dinheiro extra e, eventualmente, dois jogadores – podem ser Hyoran, Raphael Veiga, Eric ou Arthur – para liberar Weverton em janeiro.

ESCALAÇÃO

Além de Weverton, o Atlético não tinha o zagueiro Paulo André e os meio-campistas Lucho Gonzalez, Guilherme e Nikão. Sem eles, o técnico Fabiano Soares escalou Wanderson na zaga, Sidcley e Rossetto no meio e o atacante Éderson como um meia centralizado, pouco atrás do centroavcante Ribamar. O time ficou no 4-2-3-1.

PRIMEIRO TEMPO

Com essa formação, o Atlético apostou em marcação em seu campo e lançamentos longos. E se deu bem. Aos 5 minutos, Ribamar saiu na cara do goleiro e tocou para fazer 1 a 0. Aos 8, Lucas Fernandes recebeu e tentou cruzar; a bola bateu na trave. Aos 13, Ribamar foi lançado e sofreu pênalti, que Éderson converteu após quatro minutos de reclamações do Palmeiras. Aos 34, após um lançamento para Lucas Fernandes, Éderson cruzou e Sidcley marcou 3 a 0.

SEGUNDO TEMPO

O Atlético manteve o time para o segundo tempo – ao contrário do Palmeiras, que trocou o lateral Fabiano pelo atacante Deyverson. O time paranaense manteve o esquema do primeiro tempo, com marcação em meio-campo, bolas longas e contra-ataques. Só que, ao contrário do primeiro tempo, essas jogadas já não encaixavam tão bem. E o time paulista passou a incomodar.

Aos 24 minutos, Soares trocou Jonathan por Cascardo na lateral-direita e Ribamar por Douglas Coutinho no ataque. Aos 29, Bruno Guimarães entrou no lugar de Éderson. Douglas Coutinho teve duas chances de marcar, mas não aproveitou.

ESTATÍSTICAS

Ao fim de 90 minutos, o Atlético somou 8 finalizações (7 certas), 34% de posse de bola e 80% de eficiência nos passes. O Palmeiras finalizou 15 vezes (12 certas) e teve 66% de posse de bola e 92% de eficiência nos passes. Os porcentuais são do site Whoscored.

ATLÉTICO 3 x 0 PALMEIRAS

Atlético: Santos; Jonathan (Cascardo), Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez, Rossetto, Lucas Fernandes, Éderson (Bruno Guimarães) e Sidcley; Ribamar (Douglas Coutinho). Técnico: Fabiano Soares

Palmeiras: Fernando Prass; Fabiano (Deyverson), Mina, Luan e Michel Bastos; Thiago Santos, Tchê Tchê e Moisés; Keno, Willian e Dudu. Técnico: Alberto Valentim

Gols: Ribamar (5-1º), Éderson (17-1º), Sidcley (34-1º)

Cartões amarelos: Luan, Dudu, Santos, Sidcley, Ryohan, Guerra, Pavez, Rossetto

Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)

Local: Arenas da Baixada, domingo

 

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

5 – Gol do Atlético. Lucas Fernandes lança rasteiro. Ribamar sai de seu campo em velocidade com a bola, entra na área e toca por cima de Fernando Prass

8 – Fabrício lança do campo de defesa. Em dois contra um, Lucas Fernandes tenta o cruzamento para Ribamar, mas Michel Bastos consegue desviar. A bola bate na trave e sai em escanteio

13 – Fabrício lança do campo de defesa. Ribamar domina de frente para o gol e é derrubado na risca da área por Luan. O árbitro dá pênalti

17 – Gol do Atlético. Ederson cobra o pênalti no meio do gol. Fernando Prass cai para o lado direito

19 – Michel Bastos tenta de fora da área e chuta por cima

21 – Lucas Fernandes recebe em velocidade, dentro da área. Fernando Prass sai aos seus pés e defende

26 – Dudu cobra falta para a área. Thiago Santos cabeceia por cima

31 – Wanderson afasta mal a bola, perto da área. William fica com bola e deixa Dudu livre, de frente para o gol. Ele finaliza. Santos sai, abre os braços e salva

34 – Gol do Atlético. Lucas Fernandes disputa a bola pela ponta-direita. Ederson domina pela direita e cruza rasteiro. Sidcley surge na área e toca para dentro

40 – Fabrício cobra falta da área e Fernando Prass espalma

42 – Keno cobra lateral para William, na área. Ele gira e chuta por cima

44 – Fabiano arrisca a 35 metros de distância do gol e manda para fora

SEGUNDO TEMPO

2 – Após confusão na área, Wanderson finaliza e Fernando Prass salva o gol

3 – Éderson deixa Ribamar na cara do gol. Ele demora para definir e Luan trava o chute

5 – Michel Bastos arrisca do bico da área e manda por cima

7 – Rossetto perde a bola entrada da área. Dudu fica com ela e chuta. A defesa amortece e Santos pega

11 – Dudu ganha de Thiago Heleno e arremata por cima do gol

15 – Deyverson, da meia-lua, finaliza à esquerda do gol

16 – Keno dribla Fabrício e cruza. Deyverson finaliza e acerta a rede do lado de fora

27 – Tchê Tchê tenta o chute e manda por cima

31 – Cascardo cai na área em disputa com Hyoran. O árbitro manda seguir

36 – Rossetto ergue a bola à área. Douglas Coutinho domina e arremata. Mina trava e evita o gol

37 – Fabrício cobra escanteio. Coutinho toca de letra. Frenando Prass faz grande defesa e depois abafa a conclusão de Wanderson

46 – Hyoran cobra falta para a área. Thiago Santos desvia por cima do gol


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
maxnoticiascontato@gmail.com

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo