Cuiabá (MT), 22 de setembro de 2017 - 16:36

? ºC Cuiabá - MT

Esporte

17/07/2017 08:04 www.gazetaesportiva.com

Renato mexe bem, e Grêmio vira sobre a Ponte com dois de Barrios

O Grêmio foi do inferno ao céu na tarde deste domingo, para diminuir a diferença em relação ao líder Corinthians na tabela do Campeonato Brasileiro. Recebendo a Ponte Preta, em Porto Alegre, pela 14ª rodada da competição, o Tricolor saiu perdendo com gol contra do zagueiro Rafael Thyere, mas contou com as estrelas do técnico Renato Portaluppi e do centroavante Lucas Barrios para conquistar a virada por 3 a 1.

O grande mérito do treinador gremista: a entrada do atacante Fernandinho no lugar do volante Arthur, antes da volta para o intervalo. Com a substituição, o time gaúcho ganhou mais leveza e qualidade ofensiva. Além disso, o próprio Fernandinho sofreu o pênalti convertido por Barrios, que deixou dois nesta tarde. Éverton foi o responsável por decretar a vitória dos donos da casa.

Com o resultado e contando com o empate do Timão, no último sábado, os gremistas chegaram a 28 pontos, diminuindo para oito pontos a diferença para os líderes. Já a Ponte aparece em situação delicada na tabela, com 16 pontos, próxima da zona de rebaixamento.

Pela próxima rodada, os adversários desta tarde na capital gaúcha entram em campo na quarta-feira. O Imortal vai à Bahia colocar a boa fase à prova em visita ao Vitória, às 19h30, enquanto o elenco ponte-pretano recebe o Coritiba, às 21h, para voltar a vencer no Brasileirão, algo que não acontece desde do dia 22 de junho, contra o Cruzeiro.

Jogo truncado e sorte da Ponte

O primeiro tempo na Arena de Porto Alegre começou muito abaixo das expectativas, sem grandes chances. A Ponte Preta entrou com o intuito de marcar muito forte, com vários jogadores no meio-campo e dificultou as coisas para o Grêmio. Com dois sistemas defensivos bem postados, o ataque das duas equipes deixou a desejar e só começou a trabalhar com efetividade depois de um bom tempo de bola rolando.

Somente aos 20 minutos, a Macaca conseguiu criar a primeira oportunidade da tarde. O atacante Lucca disparou sozinho em contra-ataque, limpou a marcação e chutou da intermediária. A bola passou muito perto da trave esquerda do goleiro Marcelo Grohe e foi para fora.

Em seguida, aos 24 minutos, foi a vez da resposta gremista, para sacudir a torcida tricolor. Após uma bobeira da defesa paulista, Ramiro recebeu pela direita, dentro da área, e mandou o canhão de perna direita. Aranha estava ligado na jogada e espalmou para escanteio.

Depois das primeiras chances, a partida voltou a ficar morna, mas a Macaca contou com um lance de sorte para abrir o placar. Logo após o Grêmio quase marcar, aos 32 minutos, com Aranha fazendo nova defesa em chute do lateral Edílson, a Macaca contou com uma ajudinha de Rafael Thyere, aos 34. O zagueiro gremista tentou cortar o passe de Lucca para Sheik, mas acabou mandando para a própria meta.

Renato mexe bem e Grêmio alcança a virada

Com a derrota no placar, coube ao técnico Renato Portaluppi mandar a equipe para frente na segunda etapa. E a entrada do atacante Fernandinho no lugar do volante Arthur acabou dando mais leveza e velocidade ao time do Grêmio.

Tendo mais facilidade para furar o sistema defensivo da Ponte, os donos da casa já voltaram do intervalo levando perigo ao gol de Aranha. Logo aos três minutos, Pedro Rocha aproveitou um vacilo da zaga para se aproximar da área e cruzar rasteiro para o centroavante Lucas Barrios. O goleiro alvinegro, no entanto, estava ligeiro e cortou o passe.

A resposta dos paulistas, que não se encontravam na partida, veio de uma cobrança de escanteio para lá de venenosa. O meia Renato Cajá foi para a bola, aos 10 minutos, e bateu muito fechado, dando trabalho para Grohe evitar o gol olímpico.

O susto, porém, não abalou os gremistas, que seguiram firme rumo ao empate. Aos 11 minutos, Lucas Barrios tabelou com Pedro Rocha após saída errada da defesa e chutou firme. A bola ainda desviou em um dos zagueiros para matar Aranha e estufar as redes.

Superior no duelo, o Grêmio seguia com a posse de bola, rondando a área alvinegra, e alcançou a virada, para delírio da torcida, de novo com Barrios. Fernandinho foi segurado pelo volante Fernando Bob, dentro da área, e o juiz Cláudio Francisco apontou para a marca da cal. O paraguaio foi para a cobrança e deixou o segundo dele na tarde: bola de um lado e goleiro do outro.

Para coroar a noite de recuperação na Arena, o Tricolor ainda anotou mais um, antes do final da partida. Após envolvente troca de passes perto da área da Macaca, o atacante Éverton recebeu bola ajeitada de Ramiro para testar com firmeza e fechar a conta: 3 a 1 para o Grêmio na capital gaúcha.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 1 PONTE PRETA

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 16 de julho de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fábio Pereira (TO)

Cartões amarelos: Edílson (GRE); Jeferson, Emerson Sheik (PON)
Gols:
Ponte: Rafael Thyere, contra, aos 34 minutos do primeiro tempo.
Grêmio: Lucas Barrios, aos 11 e aos 25, e Éverton, aos 42 minutos do segundo tempo.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Rafael Thyere, Bruno Cortez; Arthur (Fernandinho), Michel, Ramiro, Luan, Pedro Rocha (Éverton); Lucas Barrios (Marcelo Oliveira)
Técnico: Renato Portaluppi

PONTE PRETA: Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo, Jeferson; Fernando Bob (Jean Patrick), Naldo, Jadson (Felipe Saraiva) e Renato Cajá (Negueba); Lucca e Sheik
Técnico: Gilson Kleina

 

 


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
maxnoticiascontato@gmail.com

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo