Cuiabá (MT), 25 de setembro de 2020 - 03:39

? ºC Cuiabá - MT

EMPREGOS

16/01/2020 00:40 fonte JC Concursos

Entrevista de emprego por Whatsapp: veja quatro dicas de preparação

A nova tendência de entrevistas de emprego por Whatsapp vem ganhando cada vez mais espaço dentro dos RHs das empresas como uma alternativa que acelera a seleção

Com possibilidade de agilizar e economizar os custos do processo seletivo, muitas empresas têm aproveitado as redes sociais para uma nova tendência: as entrevistas de emprego por Whatsapp. A ferramenta vem ganhando cada vez mais espaço dentro dos RHs das companhias como uma alternativa que acelera a seleção.

"Todos nós estamos constantemente pensando em maneiras de otimizar tempo. A entrevista via Whatsapp ajuda muito nesse sentido, pois facilita a vida tanto de recrutadores quanto de candidatos", afirma Guilherme Maynard, diretor nacional da Prepara Cursos, rede de ensino profissionalizante. "Porém, tratando-se de uma nova maneira de realizar processos seletivos, é fundamental que o candidato esteja ciente da existência de comportamentos que se encaixam nessa modalidade de entrevista, mas que não servem nas demais", alerta.

Pensando em auxiliar os candidatos que eventualmente poderão ser convocados para uma entrevista de emprego por Whastapp, Guilerme listou quatro dicas para você se preparar melhor e aumentar suas chances de conquistar uma vaga no mercado de trabalho.

Prepare o cenário e cheque a ferramenta antes da conversa

"As entrevistas podem ser feitas tantos por mensagem quanto por vídeo, depende de como o RH daquela determinada empresa prefere atuar. Em todo caso, algumas dicas funcionam para ambos casos: testar a ferramenta com antecedência e procurar um ambiente calmo, por exemplo, são algumas delas", comenta Maynard.

Além disso, caso a conversa ocorra via vídeo, é importante se atentar a detalhes como: manter um cenário organizado atrás de você, sem objetos que possam desviar a atenção do recrutador e que demonstrem arrumação por parte do entrevistado.

Alguns comportamentos da entrevista pessoal devem se repetir

"Embora haja muitas diferenças entre uma entrevista ao vivo e a via Whatsapp, algumas dicas são válidas para os dois processos", diz o diretor. "Na conversa que ocorrer por vídeo, o ideal é evitar se movimentar demasiadamente ou desviar o olhar ao conversar com o recrutador. Já em entrevistas por mensagem, o português utilizado deve ser o mais correto possível e com bom uso de pontuação. O corretor ativado é um forte aliado nessa hora", completa.

Outras recomendações comumente feitas são as de treinar possíveis respostas para perguntas que podem ser feitas pelo entrevistador, além de sempre pedir permissão para a utilização de áudio na entrevista. "São detalhes que vão preparar melhor o candidato demonstrar que ele respeita a metodologia do recrutador", explica Guilherme.

Seja objetivo

Ao apresentar-se, procure fazê-lo de maneira clara e resumida, com objetividade. Contextualize o recrutador sobre a sua formação e locais recentes em que trabalhou (ou trabalha), além de seus objetivos profissionais e o motivo de interesse na vaga. Se for por mensagem, utilize, no máximo, seis linhas.

"Se o candidato procura uma determinada vaga naquela companhia, o ideal é que ele deixe isso claro ao longo da entrevista, sempre pontuando as suas credenciais para a conquista daquela vaga", diz Maynard.

Cuide de sua imagem no Whatsapp

Pense que a sua foto no Whatsapp é o seu cartão de visitas para o recrutador. Por isso, evite fotos que possam expor a sua imagem de maneira negativa. "Pense na foto que você colocaria no seu LinkedIn: simples e discreta. Esse deve ser o critério para a foto do Whatsapp na hora da entrevista", orienta Guilherme. "Outros cuidados básicos são: colocar o seu nome e um sobrenome no identificador do aplicativo (nada de apelidos). Além disso, adotar uma frase de status que não contenha palavrão ou conteúdo ofensivo de alguma maneira", recomenda.

Embora prática e fácil, é bom alertar: a entrevista pela ferramenta não substitui a conversa presencial. "Essa é uma maneira de otimizar tempo, mas a relação interpessoal e a análise de como candidato se comporta cara a cara continuam sendo cruciais para os RHs tomarem as suas decisões no momento de contratação de novos funcionários", finaliza Maynard.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
redacao@maxnoticias.com.br

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo