Cuiabá (MT), 27 de abril de 2018 - 01:22

? ºC Cuiabá - MT

Cidades

19/12/2017 14:40

Prefeitura e UFMT firmam Protocolo de Intenções para investimento na saúde pública

RAFAELA GOMES CAETANO

A Prefeitura de Cuiabá e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) firmaram um Protocolo de Intenções, nesta segunda-feira (18), que visa estabelecer a cooperação técnica, científica, educacional e cultural de ambas as partes. Através da iniciativa, programas, projetos e intercâmbios serão consolidados, a fim de investir na formação dos alunos da rede pública federal, à medida que aprimora a prestação do serviço público de saúde nas unidades municipais, como o Pronto Socorro.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro, a união de forças em prol do desenvolvimento do ensino superior é imprescindível para o mercado de trabalho da Capital, que a longo prazo será diretamente impactado pelo investimento técnico e educacional nos futuros profissionais.

“A UFMT é uma das grandes instituições de ensino do nosso país e sempre estaremos de portas abertas para celebrar parcerias que resultem na execução de programas e projetos que trabalhem diretamente a formação dos nossos universitários. Cremos que o envolvimento direto dos estudantes na rotina da saúde pública - seja através de intercâmbios, visitas técnicas ou estágios - contribuirá para o processo de lapidação profissional iniciado no seio educacional da universidade, amadurecendo os valores e conhecimentos aprendidos em sala de maneira prática e eficaz. 2018 será um ano de muitas conquistas para Cuiabá e é gratificante poder dizer que os frutos dessa junção de esforços será um dos nossos louros. Além disso, a participação integrativa dos futuros profissionais da nossa Capital e do nosso Estado será valiosa para que eles aprendam com a expertise da Secretaria Municipal de Saúde, conforme também seremos ensinados a renovar nosso vigor através do entusiasmo que a juventude universitária carrega em si”, afirmou o gestor.  

Essa troca de experiências entre ambas as instituições é um dos grandes aspectos que compõe o Protocolo de Intenções. Intercâmbio de conhecimentos e informações técnicas e científicas fazem parte desta parceria, que resultará em ações concretas como a realização de cursos, programas e eventos que sejam de interesse comum. O desenvolvimento contínuo de iniciativas relacionadas ao ensino, pesquisa e extensão também será um dos frutos colhidos a partir do início do ano letivo de 2018. Para a reitora da universidade, doutora Myrian Thereza de Moura Serra, a relação institucional entre ambas as entidades fica oficialmente estabelecida.

“Este documento reflete algo muito maior, concretizando as nossas intenções de nos relacionarmos com a Prefeitura de Cuiabá de maneira mais próxima, desenvolvendo o maior número de projetos possível. Queremos definir alternativas de cooperação que sejam diversas, ampliando a formação profissional de nossos universitários através de propostas práticas que aprimorem os conceitos bem firmados no decorrer do curso ministrado. Vamos unir nossas habilidades para trabalhar conjunta e integralmente, proporcionando também intercâmbios de pessoal para a atuação em projetos interligados, gerando oportunidades de estágios curriculares ou não. Nosso leque de atuação é vasto e existem muitas coisas que juntos poderemos construir”, disse.

Após a assinatura do protocolo, a Secretaria Municipal de Saúde dará sequência aos trâmites administrativos da parceria através da formalização do Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde (COAPES). Este instrumento define como será o processo de integração ensino-serviço-comunidade firmado entre ambas as partes, auxiliando no planejamento integrado de ações e o diálogo entre os atores envolvidos, evidenciando para a sociedade o cumprimento de pactos que respeitem e valorizem os usuários do SUS e as necessidades sociais de saúde como prioridade na formação dos profissionais.

“Tivemos uma reunião extensa onde conseguimos esclarecer os aspectos que envolvem o COAPES e alinhamos alguns atributos que vão tornar essa parceria em algo realmente promissor, tanto para a saúde pública da Capital, bem como para a formação dos universitários. Dentre os apontamentos, o documento determinará - em conformidade com a legislação - que a universidade federal terá prioridade nos campos de estágios, em relação às instituições privadas. Em algumas circunstâncias os alunos oriundos de faculdades particulares poderão assumir essas vagas, mas a UFMT terá a preferência nesse sentido”, reforçou Elizeth Lúcia de Araújo, titular da pasta.

Para o professor aposentado do curso de Medicina da instituição, dr. Eduardo Delamonica Freire, este compromisso é importante para a capacitação dos alunos da rede federal de ensino. “É renovador receber esse respaldo do município, pois precisamos de campos de estágios, principalmente por estarmos perdendo espaço para as universidades particulares. Esta parceria é algo que eu ainda não havia testemunhado e fico extremamente feliz pelo ousado passo dado por ambas as instituições, deixando de lados questões adversas, para focar na formação de nossos alunos”, concluiu.

Participaram da reunião representantes das faculdades de Medicina, Nutrição e Enfermagem, além do diretor-superintendente do Hospital Júlio Müller, dr. Hildevaldo Monteiro Fortes.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
redacao@maxnoticias.com.br

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo